Grandes questões do (meu) universo

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Então, a gripe não é bem uma gripe: é uma sinusite (que, aliás, está me dando trabalho apesar de eu nem ter vindo trabalhar ontem por causa da febre e dor no corpo - o que transforma isso numa espécie de trocadilho ridículo). Mas eu ficar doente... Qual é a novidade, né? (e nem venham me chamando de hipocondríaca!)
Pior é meu baby. Está com sinusite também. E o trabalho é mil vezes maior. Porque a febre dele passa de 39 graus. E porque, se antes ele vomitava qualquer remédio, agora ele sabe cuspir. Então, primeiro cospe, depois vomita. Gastei um frasco inteiro de anti-térmico com ele. Seria quase normal se não fosse pelo seguinte fato: ele não tomou nenhuma gota. Imaginem aquela cena de "O exorcista" em que a menina se contorce e sai vomitando verde. Tentar ministrar um medicamento ao meu filho é algo parecido, exceto pela cor verde. Daí, não tem jeito: supositório e injeção. E na hora da injeção é ele chorando de um lado e eu chorando do outro. "Ser mãe é padecer no paraíso" e blábláblá.

Sobre a resposta da zona, ops, setor médico: "Você poderia comparecer amanhã para uma nova consulta?". Vejam a interrogação no fim da frase. Ou seja, não recebi resposta nenhuma, só uma outra pergunta. Fazer o que, né? Vou ter que falar com o psicólogo amanhã. Já passei pelo psiquiatra, poxa. Quantas vezes vou ter que parecer normal? E a pergunta, a grande pergunta que não quer calar: alguém que trabalha embarcado é totalmente normal?
Por hoje , deixarei vocês com essa questão de fundamental importância para "a vida, o universo e tudo mais". (Pra quem não entendeu a referência, leia O guia do mochileiro da Galáxia, de Douglas Adams).

5 comentários:

Autor on 29 de setembro de 2010 15:45 disse...

Fiquei com dozinha do bebe... Que coisa, eu era assim tb.
:-(
Melhoras pra vcs dois!

Luciana on 29 de setembro de 2010 16:02 disse...

Oi Thati,

Então nossos bebês têm quase a mesma idade, hein? Que dó dele dodói... Se é dificil pra gente, imagina pra eles...

E você, é ariana como minha irmã. Se vc for tão legal e criativa quanto ela, ja sei que vou te adorar!

Beijos e estou te linkando lá no blog! Muito obrigada por sua visita!!!

Christine on 30 de setembro de 2010 10:40 disse...

Embarcado ou desembarcado, ninguém é totalmente normal...hahahaha
Em especial quem se considera completamente normal!
melhoras...
Beijo

Palavras Vagabundas on 30 de setembro de 2010 14:41 disse...

Cara,
"Ninguém de perto é normal" - Caetano Veloso.
O que a gente faz é disfarçar socialmente.
Melhoras
Jussara

Daniel Savio on 30 de setembro de 2010 19:33 disse...

Espero que Biel melhore...

Fiquem com Deus, amiga e sobrinho.
Um abraço.

 

Copyright © 2010 Laço do Infinito by: Templates Mamanunes
Imagens Vetoriais: Easy Vectors Edição: Mamanunes