Filmes e Invisibilidade

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Neste fim de semana, assisti com meu filho "Madagascar 2" (que Biel chama de Macá) pelo menos umas 4 vezes (É, mãe sofre... A minha também sofreu e assistiu umas 3 vezes. Ser mãe é padecer no paraíso blábláblá). Ele repete o que os personagens dizem em alguns momentos (eu mesma já decorei muitas falas! rs) e o nome da girafa de pelúcia que ele tem agora é Melman (como no filme). Acho engraçado como ele sempre tenta avisar ao leão filhote do perigo: "Faz isso não, neném". Mas o filme não muda (óbvio): o filhote sai e é pego pelos caçadores. Então ele fala "Tadinho do neném leão". O pai corre tentando salvar o filho e ele fala "Tadinho do papai leão"... rs. Enfim, eu até gosto de ver desenhos com ele - embora a overdose não seja agradável.


Mas aí, neste domingo, eu, depois de nem sei quanto tempo, fui ao cinema com minha irmã. Assistimos Tropa de Elite 2. Tá, devo ser a única que ainda não tinha visto... Mas se houver alguém com vida social igual a zero como eu por aqui, deixo minha opinião: o filme é muito bom. Vale a pena. Minha irmã, de espírito pacífico, saiu meio desesperançada, achando que não tem mesmo jeito de acertar as coisas, está tudo corrompido. Eu, de espírito rebelde, tive vontade de ter uma arma e acabar com um bando de gente - em especial, políticos, que é a classe mais impune deste país. Até lamentei, no fundo, não ter nascido homem pra me juntar ao BOPE. Também nasci na época errada. Cadê a rebeldia que vem da desesperada necessidade de justiça? Cadê o povo saindo às ruas expondo sua indignação? NADA. Isso, sim, me deixa desesperançada...


No mais, sem novidades. Trabalhando muito em atividades extremamente burocráticas e chatas...
E, pra completar, hoje estou me sentindo a mulher invisível (ok, nem é a 1ª vez que me sinto assim. Na verdade, sinto isso até com certa frequência. De qualquer forma, não é uma sensação boa, a não ser quando a gente quer mesmo estar invisível).

“O anonimato é um perigo para nós. É sempre bom que estejamos com pessoas que saibam quem somos nós e que decisões nós tomamos na vida. É sempre bom estarmos em um lugar que nos proteja.” – Padre Fábio de Melo

8 comentários:

Palavras Vagabundas on 7 de dezembro de 2010 18:20 disse...

Tati, já vi Madagascar 1 e 2 umas dez vezes com minha neta, adoro. Por que é maravilhoso ver as crianças crendo em sua infinita inocência.
Inocência que não temos quando vemos Tropa de Elite 2.
bjs
Jussara

DO on 8 de dezembro de 2010 06:44 disse...

Bom,eu ainda não assisti ao segundo filme do TROPA,TATHI. E,como o primeiro,só quero ver em dvd,rss
E muito sabias,como sempre,as palavras do Padre Fabio.
É bem por ai.
Beijos!

Fatima Valeria on 8 de dezembro de 2010 19:30 disse...

Sinto falta desse tempo que já passou, que se acreditava em alguma coisa,eu realmente acreditava que poderia contribuir para fazer um mundo melhor... Hj acho que isso se chama romantismo...mas vou fazendo minha parte...Quanto a invisibilidade, acho o máximo falar disso! Sabe trabalho com pessoas invisíveis (socialmente) e "romantica que sou tento dar visibilidade a elas", bem, a tesoura passa corta e um abraço, lá estão elas invisíveis para que este sistema continue confortável para alguns! A única coisa que eu gostaria de ter, é o manto da invisibilidade do Hary Potter!!!! Ah!!! como eu ia me divertir, sacou? Se vc é invisível lá não sei aonde, aqui vc é bem notada...fique feliz. Abraços

Luciana on 9 de dezembro de 2010 10:11 disse...

Oi Tathi, se te serve de consolo, também tenho assistido filmes infantis várias vezes seguidas com meu filho e ainda não assisti Tropa de Elite 2. Sim, tudo bem que eu não moro no Brasil, mas mesmo se morasse, duvido que teria assistido!

E seu jeito rebelde me lembra muito um amigo meu... Mas acho que sou mais como sua irmã, e acabo ficando meio chateada quando assisto filmes assim, que minam suas esperanças de ver um Brasil melhor...

No mais, beijos pra você!

Lu

Fatima Valeria on 9 de dezembro de 2010 18:55 disse...

Fico feliz por vc ter gostado!! Alguém conseguiu ver o que era o mais importante. Obrigada e um abraço grande.

on 10 de dezembro de 2010 09:25 disse...

Madagascar é uma gracinha assisti com minhas sobrinhas.Eu tbém assisti Tropa de Elite 2 adorei é uma realidade né Tathy,só bandalheira rsrsrs...Bjus

Bruna on 13 de dezembro de 2010 12:59 disse...

Não tem nada melhor do que estar perto de criança, eles ensinam muitas coisas pra gente, coisas tão simples e sinceras S2 é muito fofo, lindo, tudo de bom, aproveita bem essa fase.

Uma ótima semana

bjs

Daniel Savio on 13 de dezembro de 2010 23:31 disse...

Hua, kkk, ha, ha, mas é bom assistir desenho com uma companhia tão boa.

E eu te conheço, sabe amiga?

Mesmo que não esteja ao teu lado, sei quem tu es.

Vou a Macaé, tento te encontrar, ok?

Fiquem com Deus, amiga e sobrinho.
Um abraço.

 

Copyright © 2010 Laço do Infinito by: Templates Mamanunes
Imagens Vetoriais: Easy Vectors Edição: Mamanunes