Cansaço

terça-feira, 29 de março de 2011

- Sabe cansaço? Me sinto com 200 anos.

- Ontem fiquei em Macaé, trabalhando até mais tarde... E mesmo assim, parece que as pendências não vão terminar nunca.

- Ando sem paciência para os seres trevosos que, na falta do que fazer, ficam vigiando minha vida e, como diz uma colega minha, cacarejando o dia todo, atrapalhando o trabalho dos outros e esperando uma oportunidade de dar o bote. Estou prestes a imprimir aquela campanha do "adote um gato" e colocar bem visível na minha estação de trabalho (pra não dizer baia). Não creio que adiante, mas pelo menos vai mostrar que estou ciente das ações do ser perturbado em questão.

- Como se não bastasse, tenho que ficar o tempo todo equilibrando e contemporizando para tentar manter o mínimo de respeito e harmonia nas relações da equipe. Eu não sou supervisora (nem quero ser, diga-se de passagem), nem gestora de pessoas. Mas, por algum motivo que desconheço, as pessoas estão centralizando as coisas em mim... O ser trevoso está ainda mais incomodado do que antes e acho que este é o motivo.

- Cada dia é mais penoso para mim sair da cama às 5:00 da madrugada para viajar e trabalhar. Tenho a impressão que, um dia, eu não vou levantar. Parece simples chutar o balde. Só parece. Afinal, tenho um filho para criar. Mas posso dar uma idéia de como me sinto no trabalho: condenada à prisão por 35 anos. Aff!

- Não estou tendo tempo pro meu blog, nem para visitar todos. Mas vou me organizar e mudar esse quadro. 

Pensamento do dia: " A inveja é sua forma incompetente de me admirar" (desconheço a autoria)

11 comentários:

Jens on 30 de março de 2011 15:37 disse...

Também passei por um período semelhante Tathi - cansaço de tudo e de todos, inclusive de mim. Demorou um pouquinho, mas passou. Espero que o mesmo aconteça com você.

Beijo.

Fatima Valéria on 30 de março de 2011 22:09 disse...

Tathi estou quase no fim, j´s saí de muitos lugares por insatisfação, princípios, vázios e outras mil razões... Hj me resta esperar o dia da carta de alforria! ganhei muita experiência, muita mesmo, não troco, mas hj sei que fui eu que me coloquei na gaiola, estabeleci o limite, a idéia do impossível. Poderia ter mesmo precisando ter buscado outras alternativas. Pode acreditar, me arrependo mais das coisas que eu permiti que me prendessem do que aquelas que me libertei! Mas saiba, tudo tem um preço. Não fique triste, use seu poder. Mil Bjs

Fatima Valéria on 30 de março de 2011 22:12 disse...

Chorar não resolve, falar pouco é uma virtude, aprender a se colocar em primeiro lugar não é egoismo. Para qualquer escolha se segue alguma consequência, vontades efêmeras não valem a pena, quem faz uma vez, não faz duas necessariamente, mas quem faz dez, com certeza faz onze. Perdoar é nobre, esquecer é quase impossível. Quem te merece não te faz chorar, quem gosta cuida, o que está no passado tem motivos para não fazer parte do seu presente, não é preciso perder pra aprender a dar valor, e os amigos ainda se contam nos dedos.
Aos poucos você percebe o que vale a pena, o que se deve guardar pro resto da vida, e o que nunca deveria ter entrado nela. Não tem como esconder a verdade, nem tem como enterrar o passado, o tempo sempre vai ser o melhor remédio, mas seus resultados nem sempre são imediatos.

Charles Chaplin

Achei no orkut de uma pessoinha muito especial

Palavras Vagabundas on 31 de março de 2011 13:12 disse...

Thati, é chato e difícil mas mais cedo ou mais tarde passa. Coloca o cartaz!Durante anos eu tinha um cartaz atrás da minha mesa que dizia:"Eu não quero ter razão eu quero é ser FELIZ"
bjs
Jussara

Ludi on 2 de abril de 2011 17:07 disse...

A gente vive a mesma situação no trabalho... é uma energia tão negativa, uma gente tão invejosa... por isso a gente fica desse jeito, cansada! Mas nosso santo é mais forte, com certeza! Beijão e se cuida!

Christine on 3 de abril de 2011 08:44 disse...

ra algo de bom para nosso ccrescimentoOi Tathi...
Sempre, mas sempre mesmo, a gente tira algo de bom para nosso crescimento. E depois de muitos anos chorando e amargando pessoas como as que vc citou, só posso te ém sumi!dizer que o que vale mesmo são as lições que vc recebeu para a vida. Tempo... o mais santo remédio. Apesar de ter momentos em que ele parece estar parado!


Estava no Brasil... por isso também sumi... agora, voltando a por a casa em ordem.

Beijo.

Carlos Medeiros on 3 de abril de 2011 14:41 disse...

Se Deus quiser, essa fase passa.

Renata on 11 de abril de 2011 16:50 disse...

Tem uma fase da vida da gente que dá mesmo uma vontade de jogar tudo pra cima e chutar total o balde né? Eu também ando assim. E então fico aqui, pensando. Se eu realmente chuto ou se espero a tempestade passar..

Beijo.

Luma Rosa on 14 de abril de 2011 14:26 disse...

Muita gente passa pela mesma situação e procura compensações fora do ambiente de trabalho. Quem sabe relaxando o mente com algo que realmente goste? Uma válvula de escape... boa sorte! Beijus,

on 14 de abril de 2011 23:57 disse...

Essas energias negativas acaba com a gente né eu passei por isso onde trabalhei algum tempo atrás.Coloca sim o cartaz para pessoas se tocarem Tathy.Vc está precisando de umas belas férias com teu filho para vc descansar bastante e curtir ele.Querida estou de volta ...Bjus

Autor on 15 de abril de 2011 14:31 disse...

O tempo anda corrido para todos mas, de vez em quando, a gente aparece.
E te deixo um abraço.
;-)

 

Copyright © 2010 Laço do Infinito by: Templates Mamanunes
Imagens Vetoriais: Easy Vectors Edição: Mamanunes