Incrível como nunca sou boa com títulos, principalmente quando o post fala de assuntos diversos...

terça-feira, 26 de junho de 2012

Enjoada de comida (principalmente a daqui do refeitório), enjoada do trabalho (cheguei no limite! Não quero aprender mais nada, não quero fazer trabalho dos outros, não quero ficar desviada de função, não quero atender telefonemas nem receber e-mails com perguntas idiotas que nem são da minha competência... resumindo: enchi!); também ando impaciente e anti-social (evitando ao máximo as interações, especialmente no ambiente de trabalho).
Não estou me alimentando como deveria, não estou fazendo atividade física... Fiasco total.
Nem sei como meu namorado me aguenta, com toda paciência do mundo, todo carinhoso e tal. Cuida dos medicamentos, tenta cuidar da minha alimentação (acorda às 4:00 da madruga pra preparar tudo que preciso), tenta lidar com meu humor super instável... Como se não bastasse, tem que lidar ainda com as pirraças e ciúmes do meu filho. Enfim, ele merece um troféu.

Eu, essa semana, a fim de evitar colapso total, estou fazendo o mínimo do mínimo e passo parte do meu tempo lendo. Além dos blogs, estou lendo um romance espírita entitulado Senzala, de Salvador Gentile. (acho que já li cerca de 70% dele). Estou achando interessante, faz tempo que não leio nada do gênero.

Cito alguns trechos que achei interessantes, para reflexão:

“Geralmente, os corações generosos não sabem se defender do mal porque não cogitaram dele. Acostumados a viver espontaneamente, junto da sinceridade, relaxam a vigilância que, aparentemente, não se torna necessária. Aprendem a confiar nos outros e só  descobrem que os outros mentem quando caem em uma grande desilusão”.

“O que é bom e o que é mau nós podemos definir com os velhos padrões da Terra, de acordo com a alegria ou o sofrimento que nos causam, todavia, o que é justo e o que é injusto, são definições que nos escapam ao entendimento por desconhecermos os autos do processo cármico”.

"O amor não é floração passageira que a primavera põe encanto; é como o carvão da terra que precisa dos séculos para se transformar em diamante e a aspereza do buril para transmudar-se em jóia”.

Em breve, mais citações.
 


3 comentários:

Branca on 26 de junho de 2012 15:31 disse...

Poxa é muito ruim mesmo, uqnado estamos em fases complicadas, ainda bem que o namo, te apóia e ajuda em tudo que pode,
beijinhos =**

Aline Caldas on 26 de junho de 2012 15:36 disse...

Oi Tathiana, olha espero de coração que essa fase passe logo,quanto ao seu namorado PARABÉNS para ele mas desejando a todos os namorados e maridos, eu tenho um marido abençoado que é muito calmo comigo.Tudo de bom para você beijos !!!Quando poder passa lá, já me coloquei como sua seguidora rs !!

Alexandra on 26 de junho de 2012 22:34 disse...

vixe miga vc está a flor da pele... bjs

 

Copyright © 2010 Laço do Infinito by: Templates Mamanunes
Imagens Vetoriais: Easy Vectors Edição: Mamanunes